domingo, 14 de agosto de 2016

Gratidão!

 ... Como é difícil, estar aqui sem tua presença.. Painho!
Não sei como expressar as saudades que tenho de ti, porém te sinto todos os dias andando ao meu lado, parece que a batida do teu peito ensinava o melhor jeito para que meu coração pudesse te copiar...
Olhando as estrelas, me lembro de outras noites não muito agradáveis, onde agora substitui por outras lembranças lindas suas, mas dessa vez me remetem e me trazem Saudades.
Ouvir você me chamar constantemente “Janetinha!!?” ou de “ você é meu anjo!!!” e eu responder:
“O senhor é quem és meu anjo protetor, “Eu te amo painho”... eu tô aqui...." E eu corria, deixava tudo... não te deixava se quer um momento sozinho, te dizia que estava ali, pronta pra ti, a qualquer momento que precisasse de mim, e você me dizia:
“ Graças a Deus! Obrigado Deus, meu anjo chegou”,
... tu dizias do seu jeitinho neh’ painho!, falando baixinho... e eu me emocionava ao ouvir teu carinho..., nos aproximamos tanto ultimamente neh’ meu Guerreiro, nunca achei que merecesse um presente tão especial de Deus, ter um anjo tão bondoso, tão integro, tão correto para eu chamar de “Painho”.
Painho, meu Guerreiro, meu herói...
Lembro dos conselhos que me falava:
“filha faz as coisas corretas, honra tua palavra, se disser que for fazer algo, faça! E seja uma menina boa. Procure não ter inimizades, fale com todo mundo e tenha cuidado quando for falar pra não ferir ninguém, pense quando for falar e repense no que vai dizer.
Painho obrigado por ser sempre paciente, nunca precisou bater em nenhum dos filhos, nunca precisou usar de violência seja ela qual for pra por ordem, ele apenas nos olhava... E já entendíamos que era errado.
E hoje cedo eu acordei com vc' no pensamento...
Não adianta, tudo aqui lembra o Senhor...
Hoje cedo me veio a lembrança do ano passado!
Aquele cheiro e o abraço que te dei no Dia dos Pais”...
Hoje percebo a importância e o valor dessa data tão linda
E o quanto é importante demonstrar carinho a quem nós amamos nesta terra.
Como queria um abraço teu, como queria te ver recuperado com saúde e dando aquele sorriso que era tão precioso para mim, como queria te abraçar e fazer você dançar comigo daquela forma engraçada que a gente acabava rindo daquela cena.
Painho, complemento minhas palavras de gratidão a ti, e como bem diz esse Soneto de Luciano Spagnol, quero neste momento dedicar a ti:
SONETO AO MEU PAI
Oi pai, escuta minha voz dai distante
A saudade é redundante é impotência
A falta de teu tom forte me é constante
A vida sente a lacuna da tua existência
A roseira do jardim é lembrança radiante
Ter tido os teus ensinamentos, essência
guardadas no peito aqui tão palpitante.
Neste dia dos pais, a minha reverência
Ei pai, perdoa as falhas por mim operante
Se fui negligente foi por pura contingência
Pois, no meu amor és um amor gigante
Nas minhas veias corre a tua aparência
Na concepção o que sou, teu semelhante
No coração, a nostalgia de tua ausência.
E como diz Ângella Ventura:
Abracei o vento solitário
sem alcance do corpo que partia.
Prantear essa perda
por toda uma vida...
Lamentando um último abraço
que não tive...
O céu também é azul!
Tão azul como o mar...
Esse céu onde moras.
E felizes são os anjos
que abraçarão
por toda eternidade tua alma..."
Painho, meu Guerreiro, meu herói !
Por onde passastes deixou boas sementes, boas lembranças, bons amigos e hoje uma saudade do tamanho do amor, para sempre em meu coração.
Estou orgulhosa do painho que tive, foi um grande homem, foi o "meu guerreiro" sei que entregou a sua vida limpa para Deus, aqui na terra não deixou ressentimentos, dívidas, coisa mal resolvida, aqui deixou o bom exemplo, pois um homem não fala somente por palavras mas por atitudes.
Eu agradeço a Deus por cada instante que pude estar ao lado dele e as lições que aprendi, levarei comigo por toda minha existência.
Hoje a força que encontro em mim para continuar vem dele, eu sei que ele não quer me ver "para baixo," é por ele que eu vou seguir, que vou acreditar e que vou vencer. De tudo que passou a maior certeza é que aqui na terra, ele foi o homem que mais me amou, que mais acreditou em todos os meus sonhos. E é por isso que eu sou eternamente grata, por tudo que fez por mim.
sou grata por ter tido o prazer de ser filha desse anjo que hoje está ao lado de Deus. Por ter tido tempo de dizer o quanto te amo, e o quanto es importante pra tua família, pros teus filhos e familiares, pra mim. Por você ter ficado tão orgulhoso por mim ter conseguido, e ter visto e presenciado minha vitória, minha formatura, sou grata a Deu por você ter me abençoado no meu primeiro dia como profissional, como Psicóloga e ouvir de ti :
“Graças a Deus , Deus te abençoe minha filha!”
E com isso vou viver com sua eterna benção, com sua eterna benção e presença no meu coração e em minha vida.
Painho, eternamente fará morada e mim, eu sou parte e continuidade de ti...
Obrigado por tudo, te devo muito, devo minha vida a ti!



Obrigado...Te amo muito!!!